Qual o diferencial do aplicativo ClassApp em relação aos concorrentes?

Aprenda a usar

Especialistas são enfáticos ao afirmar que fazer a escolha da escola dos filhos com base apenas no preço pode ser uma decisão equivocada. A qualidade do ensino e o acolhimento oferecido às crianças precisam ser levados em consideração. O mesmo raciocínio também vale na hora de optar por um serviço de comunicação escolar. Líder de mercado, o aplicativo ClassApp tem como um dos diferenciais levar impacto e transformação para dentro das escolas e para as famílias.

“Ao contratar um fornecedor, a escola está contratando um parceiro. É algo que tem que dar certo, pois é a imagem dela e o relacionamento com os pais que está em jogo. Se os pais se sentem mal atendidos ou mal informados, pode comprometer a permanência deles na escola e pode até mesmo comprometer o crescimento da escola, porque famílias felizes e satisfeitas indicam para outras”, afirma Carolina Ayvazian, Gerente Comercial e de Marketing.

Apenas a tecnologia é suficiente?

Carolina destaca ainda que a tecnologia por si só não é o suficiente para sanar os problemas de comunicação e relacionamentos do ambiente escolar. “Muitas escolas utilizam o WhatsApp, têm um portal, utilizam algum outro aplicativo de comunicação e continuam com ruídos na comunicação. As famílias querem praticidade, querem agilidade, querem tudo na palma da mão e a escola precisa ter gestão de tudo isso”, pontua.

Esse é o caso do Grupo Aviva, uma escola de educação infantil especializada nas crianças de zero a 6 anos. De acordo com a diretora institucional Roberta de Luca, há alguns anos a escola tinha uma plataforma interna, desenvolvida por um pai de uma aluna. 

“Ele desenvolveu essa agenda que inicialmente era uma agenda apenas pela web, depois virou um aplicativo e nós enviávamos os reposts da mensagem, do bem-estar, que é como a criança passou o dia, informações importantes da rotina por meio da plataforma já online”, conta.

Porém, após a instituição migrar para a ClassApp, Roberta notou que a ferramenta se tornou mais profissional, facilitando a comunicação e valorizando o trabalho pedagógico. “Um dos diferenciais da ClassApp foi a opção dos Momentos, porque ela é uma opção que traz a possibilidade do envio de fotos, do envio de vídeos. Mais do que a mensagem diária que é institucional e passa a rotina da criança, essa ferramenta nos possibilita o envio de forma rotineira, sistemática, mas também próxima da realidade que acontece em sala de aula”, destaca.

Com uma comunicação proativa, a ferramenta é de simples utilização e totalmente adaptada para as escolas. Todas as mensagens enviadas, caso não sejam lidas, o sistema avisa automaticamente após 24h.


Aplicativo ClassApp tem vivência no mercado e utiliza pesquisas nacionais

Os mesmos fundadores da ClassApp são também os mentores do Escolas Exponenciais, o maior hub de inovação e pesquisa na área da educação básica privada no Brasil. “Nós temos embasamento de pesquisas que são realizadas todo ano, sobre a opinião das famílias sobre a escola, sobre o relacionamento com, então, isso traz muito embasamento”, afirma Carolina Ayvazian, gerente de marketing e comercial.

Com atendimento humanizado e diferenciado, ao contratar o serviço a escola conta ainda com um consultor especializado, que estuda a realidade de cada colégio e traduz todas as informações relevantes para fazer a implementação da ferramenta, cuja média é de 15 dias. Os colaboradores da instituição também passam por um treinamento, mas as dúvidas também podem ser sanadas por meio do site do aplicativo, sendo que a média de tempo para o início do atendimento é de apenas três minutos.

A ClassApp realizou uma pesquisa comparando o desempenho de todas as escolas que contrataram a ferramenta, em 2018, com o desempenho médio das demais escolas particulares brasileiras. O objetivo era avaliar a variação de matrículas nessas instituições antes e depois da adoção da ferramenta. Foram analisadas 93 escolas, do ensino infantil ao médio, localizadas em 11 estados diferentes.

Como resultado, foi possível observar que as escolas que contrataram o ClassApp ao longo de 2018 apresentaram um crescimento abaixo ou próximo da média nacional. Porém, já no ano seguinte apresentaram um crescimento acima da média das demais escolas. No comparativo 2019/2020, com os prejuízos que a pandemia trouxe ao setor, enquanto as demais escolas diminuíram de tamanho, com uma variação média de -1,4%, as escolas que utilizavam o aplicativo, desde 2018, conseguiram resistir à crise e crescer 1,5% em 2020.



A ClassApp realizou uma pesquisa comparando o desempenho de todas as escolas que contrataram a ferramenta, em 2018, com o desempenho médio das demais escolas particulares brasileiras. O objetivo era avaliar a variação de matrículas nessas instituições antes e depois da adoção da ferramenta. Foram analisadas 93 escolas, do ensino infantil ao médio, localizadas em 11 estados diferentes.

Como resultado, foi possível observar que as escolas que contrataram o ClassApp ao longo de 2018 apresentaram um crescimento abaixo ou próximo da média nacional. Porém, já no ano seguinte apresentaram um crescimento acima da média das demais escolas. No comparativo 2019/2020, com os prejuízos que a pandemia trouxe ao setor, enquanto as demais escolas diminuíram de tamanho, com uma variação média de -1,4%, as escolas que utilizavam o aplicativo, desde 2018, conseguiram resistir à crise e crescer 1,5% em 2020.


Vale a pena desenvolver o próprio aplicativo de comunicação escolar?  

A diretora pedagógica da Rede Fadelito de Educação Infantil, Juliana Cristina Fadel, conta que já viveu a experiência de contratar uma empresa para desenvolver um software. “Tentamos por muito tempo, mas é uma coisa bastante complexa e acabamos desistindo, até que nós encontramos o ClassApp e hoje é a agenda que nós usamos”, ressalta.

 Segundo Juliana, a escola tentou por um ano implantar o projeto de criar uma agenda escolar própria. Entre as dificuldades enfrentadas pela diretora foi o alto custo para viabilizar a ferramenta e a falta de profissionais qualificados que entendessem o processo. “Então, nós desistimos e entendemos que esse tipo de coisa tem que ficar com quem é especialista”, ressalta.

Quem compartilha da opinião é o Vahid Sherafat é Co-Fundador e CEO da ClassApp. De acordo com ele, o processo de definição do escopo do programa é bastante desafiador e, se não for bem estabelecido, pode encarecer ainda mais o projeto. “Construir um software não é muito diferente de construir um prédio. Se você já tiver bem claro como vai ser a planta, as medidas, onde são as vigas e paredes, você constrói com o mínimo esforço. Caso durante o processo queira fazer qualquer mudança, o custo é dezenas de vezes maior”, exemplifica.

Investimento em atualizações

Manter um aplicativo próprio também exige investimento em atualização e melhoramento. Caso a instituição não tenha um time qualificado para desempenhar esses processos ou falte verba nesta etapa, o sistema pode apresentar falhas para o usuário. “Durante esse processo de correção, considerando uma empresa que não tenha uma equipe dedicada para aquilo e alto investimento nessa parte de atualização, isso pode criar um transtorno até mesmo maior do que uma escola que não tem aplicativo. É melhor não ter aplicativo do que não ter atualização necessária”, ressalta.

Outro ponto destacado por Sherafat é que os aplicativos necessitam da contratação de servidores para armazenarem os dados e possibilitar que o serviço se mantenha no ar. Se não for de alta performance, o sistema pode ficar lento, gerando frustração no cliente. 

“Na ClassApp, quando há uma mudança no sistema, antes dela ser percebida pelos nossos usuários, criamos um ambiente para que essa solução seja testada pelos usuários finais em um ambiente interno de qualidade de software. São dezenas de pessoas que testam manualmente todas as funcionalidades, o que significa quase 2 mil operações que são feitas e há ainda robôs programados para fazer de maneira automática. Assim nós detectamos 99% dos bugs antes do usuário final”, acrescenta.

Entre tantos desafios de criar e implementar um sistema próprio de comunicação escolar, é pertinente destacar ainda que uma das vantagens de contar com a praticidade do aplicativo ClassApp, além de todo o suporte da ferramenta e no atendimento especializado, é a garantia da segurança da informação, que segue os padrões e a legislação vigentes.

Que tal implementar o ClassApp na sua escola também? Clique aqui e fale com um de nossos consultores!

Leia também