ClassApp é eleita uma das empresas mais promissoras do Brasil

Novidades

A ClassApp foi uma das quatro empresas do mercado da educação brasileira eleitas no ranking “100 Startups to Watch” 2019. Resultado de uma parceria entre as revistas “Pequenas Empresas & Grandes Negócios”, “Época NEGÓCIOS” e das consultorias Corp.vc e EloGroup, o ranking escolheu as jovens empresas mais promissoras e inovadoras e que demonstram potencial para transformar seus setores e impactar consumidores.

Cerca de 2,2 mil empresas de todo país se inscreveram para essa edição do ranking. A banca de avaliadores foi composta por cerca de 80 especialistas ligados às principais organizações que atuam diretamente com novos negócios, além de profissionais que trabalham com fundos de investimento e com iniciativas públicas de fomento ao ecossistema de startups. O processo de seleção foi dividido em duas etapas e levou em conta a maturidade da operação, o perfil e a experiência dos fundadores, o potencial de inovação do negócio ou serviço, a tração comercial, a composição das equipes e a capacidade de atrair e captar investimentos.

“É um reconhecimento de investidores e especialistas sobre o alto potencial de impacto e crescimento que a ClassApp ainda pode ter no Brasil, além de ser um testemunho do mercado de que estamos apenas no começo de nossa trajetória”, avalia Vahid Sherafat, Cofundador e CEO da ClassApp e do Escolas Exponenciais.

No ranking de 2018, sete empresas do setor da educação estavam na lista. Já em 2019, além da ClassApp, apenas EduFuturo, Guten News e Redação Online estão no ranking que aponta as empresas mais inovadoras do Brasil.

Saiba mais sobre a ClassApp

Fundada em 2014, a ClassApp é hoje líder no mercado em comunicação escolar, atendendo mais de 500 escolas particulares de todo país- o que significa impactar a rotina de cerca de 400 mil usuários. Internacionalmente, sua solução está presente em escolas japonesas e já foi testada na Noruega, Emirados Árabes, Dinamarca e Canadá. A empresa surgiu quando dois pais, engenheiros formados na USP (Universidade de São Paulo) e Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), perceberam o hiato que existia no diálogo entre escolas e famílias. Com filhos matriculados em instituições de educação infantil da rede particular, eles perceberam que o método de comunicação mais tradicional usado pelas unidades de ensino, a agenda de papel, não era uma estratégia muito eficiente para intermediar o relacionamento fundamental que eles deveriam ter com a escola. Além disso, o uso de papéis não combinava com as necessidades e com a dinâmica das famílias do século 21, onde pais e mães são extremamente ocupados e hiperconectados. E assim, criaram o aplicativo ClassApp.

Hoje, a empresa possui cerca de 50 colaboradores e tem sedes em Limeira e Campinas, ambas cidades do interior de São Paulo.

Trajetória

Em 2015, um ano após sua fundação, a ClassApp foi uma dos vencedores da primeira edição do Pitch Gov SP - que reconheceu a startup como uma das cinco empresas mais inovadoras do setor educacional. No mesmo ano, foi finalista do Challenge Cup - “A Copa do Mundo das Startups” e do StartEd da Fundação Lemman.

No ano seguinte, a ClassApp foi a única companhia brasileira a expor na feira ISTE Conference & Expo, em Denver (EUA), e também na edição de Londres da Bett Show - considerada a maior feira do mundo no ramo da tecnologia aplicada à educação.  

Em abril de 2018, a ClassApp se lançou no mercado de eventos escolares e promoveu a primeira edição do ClassUP - Escolas Exponenciais, reunindo cerca de 600 gestores de escolas privadas de todo país. Já a edição de 2019, consolidou o evento como o maior congresso de inovação e crescimento escolar do Brasil, reunindo cerca de mil educadores.

Ainda em 2018, a ClassApp foi finalista da etapa brasileira do GESS Award Education Brazil e, em 2019, foi uma das empresas do país selecionadas para expor no maior festival de criatividade do mundo, o SXSW - South by Southwest , realizado em Austin no Texas (EUA).

2018 é também o ano que marca a evolução do Blog da ClassApp para o portal Escolas Exponenciais que, em 2019, se tornou oficialmente uma spinoff da ClassApp. A nova empresa nasce para ser um centro de apoio estratégico para instituições de ensino e se propõe a empoderar líderes do setor com ferramentas, dados e insights necessários para evolução deste mercado.

Para 2019, a expectativa é que a ClassApp consiga atrair investidores para viabilizar um plano de expansão. “Estamos agora em fase de captação de investimentos, nos preparando um plano de melhorias de produto e da expansão marca”, afirma Sherafat.

ClassApp – Escritório de Limeira
ClassApp – Escritório de Campinas

Leia também