Soluções gratuitas ou de baixo custo para implantar ou aprimorar o EAD da sua escola

Novidades

Como manter o ensino de alta qualidade na educação básica sem desgastar o modelo EAD, nem cansar pais e alunos?

Passada a primeira fase de migrar 100% o ensino presencial para o ensino remoto emergencial, agora o grande desafio dos gestores escolares é aumentar a eficiência do modelo implementado, além de garantir que pais e alunos estejam engajados.

Diante da crise econômica global e para ajudar instituições de ensino nesse grande desafio, a ClassApp criou um curso on-line abrangendo todos os aspectos mais relevantes do EAD.

”O sucesso do EAD não depende somente de uma plataforma e de ferramentas digitais que a escola decide usar, mas de todo um contexto. EAD é muito além de aulas gravadas e lives,” diz Brian Fu Chuan Tong, gerente de relacionamento da ClassApp.

O curso foi estruturado em 9 módulos que abrangem desde uma introdução sobre o que é EAD, a questão legal do ensino a distância, passando pelo planejamento das aulas, pela criação e distribuição de conteúdo, até o gerenciamento e monitoramento do que está sendo feito ou já foi feito pelas escolas. 


Visão Geral


Segundo Brian, a ClassApp criou uma planilha modelo que ajuda a escola a organizar a atribuição de cada profissional, facilitando uma visão geral de todo o projeto de EAD:

“A planilha é customizável e com ela fica muito clara a atividade de cada professor, por exemplo, seja se ele vai dar aula gravada, aula ao vivo, fazer chat, dar plantão para tirar dúvidas, indicar conteúdo de terceiros... Quanto mais centralizadas as informações, mais fácil fica o andamento de todo o projeto de EAD”.


No módulo de criação de conteúdo, os instrutores recomendam ferramentas gratuitas ou de baixo investimento, para que todas as escolas tenham condições de utilizá-las. Entre elas estão Google for Education, Google Drive, Google Classroom, Google Meets (para aulas ao vivo ou plantão de dúvidas), OBS (uma ferramenta para gravação de aula em vídeo), Google Sites (para ser usado como mural, principalmente para escolas infantis), etc.

“Muita gente optou pelo Google Classroom, mas não tem ideia de todo o potencial da ferramenta. Por isso é importante esse treinamento, sem falar que a gente ensina a interligar todas as ferramentas:  gravar a aula no OBS, subir a aula para o Youtube, e adicionar esse vídeo no Google Classroom para o aluno assistir, e compartilhar links das aulas e atividades pelo ClassApp, nosso aplicativo de comunicação escolar, e muito mais.”

Uma das professoras do curso, Alessandra Torres Santos, especialista em comunicação escolar e em sucesso do cliente da ClassApp, diz que as escolas correm o risco de sobrecarregar suas equipes usando uma série de plataformas disponíveis no mercado ou mesmo de insistir em utilizar um único modelo que não engaja alunos e pais.

“A gente ensina o passo a passo de como utilizar bem os recursos digitais, para que a equipe não fique perdida no meio de uma enxurrada de informações.”


O aplicativo como bônus do curso


Para os inscritos no curso, a empresa disponibiliza uma versão básica de seu aplicativo, chamada ClassApp de Portas Abertas”, durante sessenta dias.

“A gente sabe da eficácia do aplicativo. E por isso é muito importante contar com essa ferramenta, no momento em que as escolas e pais precisam atuar ainda mais juntos, como grandes aliados na educação de nossas crianças e jovens. Quanto mais estreito for esse relacionamento, melhor vai ser o resultado para a educação deles. É uma forma de comunicação muito mais eficaz do que o Whatsapp. O índice de leitura no Whatsapp gira em torno de 50, 60%; já com o aplicativo sobe para 85%”, explica Brian. Além disso, a escola tem um aplicativo exclusivo para comunicação e relacionamento com seus pais e alunos, não apenas para disseminar o conteúdo das aulas e oferecer atendimento do professor para os alunos, como também comunicados importantes e informações gerais da coordenação e diretoria.

A escola que fizer o curso e contar com o aplicativo de bônus pode depois fazer um upgrade, para passar para uma versão mais completa. 

Por meio do aplicativo, as escolas conseguem não só melhorar a comunicação e fortalecer o vínculo entre funcionários, pais e alunos, mas agendar aulas, fazer o envio de mensagens de forma automática, enviar vídeos curtos com mensagens aos pais, realizar pesquisas para conhecer melhor as famílias...

“Fora isso, toda a atividade realizada durante a quarentena fica registrada para quando a escola tiver que comprovar o que foi aplicado durante o período de isolamento social, diante dos conselhos educacionais. Esse registro vai ser fundamental para um relatório final,” explica Brian. “Tão importante quanto criar é gerenciar e monitorar o que foi feito.”

Brian comenta que não só instituições de ensino fundamental e de ensino médio estão se beneficiando com o curso. Entre os seus clientes estão escolas de idiomas e até escolas de futebol.

Para permitir que toda a equipe tenha acesso ao curso, a escola ganha um e-book, com o conteúdo do curso em formato PDF. 

“O ClassApp não se transformou em uma plataforma EAD. A nossa missão continua a mesma: ajudar os gestores e professores a se conectarem com as famílias. Isso neste momento é ainda mais importante porque é essa conexão que vai fazer com que as famílias enxerguem o valor do conteúdo EAD que a sua escola está entregando e o quão importante ela é para a educação de seus filhos, fazendo com que os pais fiquem ainda mais fiéis à sua escola”, completa Alessandra.


Confira mais informações sobre o curso aqui


Leia também

Receba artigos e dicas gratuitamente

Thank you! Your submission has been received!

Oops! Something went wrong while submitting the form

ClassApp
ClassApp Disponível no Google PlayClassApp Disponível na App Store
Nosso FacebookNosso InstagramNosso YouTubeNosso WhatsApp
Confira um Case de Sucesso ClassApp